0 Review - Gel exfoliante para Baño Granulos de Coco & Aceite de Oliva - Unique




Dentre os produtos que tenho usado para cuidar da pele e, como vocês bem sabem, eu não vivo sem uma esfoliação, reservei um tempinho para apresentá-los este  Gel esfoliante para banho da Unique (nome que tem ficado frequente neste Blog).

Ele é formulado a partir de azeite de oliva, e contém como partícula esfoliadora pequenos grãos de casca de coco.  A textura é a de gel mais molenguinho e seu aroma é doce, cheirando à chocolate. Eu não gostei nenhum pouco do cheiro, achei extremamente enjoativo, mas meu esposo disse que a pele ficou com um cheirinho muito bom. Se você gostar de produtos com cheirinho de chocolate e coco, ficará feliz com a fragrância  desse. Caso contrário, nem se arrisque porque ele realmente vai perfumar a pele.


A esfoliação promovida tem um grau de abrasão mediano (nem muito agressiva, nem muito suave), na medida para um tratamento corporal, deixando a pele com um toque bem aveludado. A embalagem contém 120g e custa por volta de uns U$18 (dependendo da cotação do dólar). Veja mais.

Veredito: Apesar de eu ter gostado do resultado da ação do produto na pele, não gostei e não o aprovo por não conseguir lidar com seu cheiro. Realmente, me deixa extremamente enjoada e quem costuma ler meus textos, sabe que sou muito olfativa; Se o produto não tiver um perfume que me agrade, não rola.


     Falou e disse!

0 Review - Esfoliante Corporal Uva Branca - Essenza

Nunca havia parado para dar atenção à marca Essenza, até deparar-me com o estande da empresa na Hair Brasília desse ano.  Naquela sondagem básica para conhecer o que a marca tinha de interessante, vi o Creme Esfoliante de Uva Branca. Apesar de meu desejo naquele momento estar voltado para um produto esfoliante ou hidratante para o rosto, acabei comprando esse para o corpo, mas que segundo a atendente poderia ser usado também no rosto sem problemas pois era suave e não prejudicaria o equilíbrio da pele dessa região.

Gostei bastante desse esfoliante, embora eu não tenha percebido um efeito clareador significativo como a moça havia dito. Particularmente prefiro esfoliantes um pouco mais agressivos para o corpo, com partículas esfoliadoras maiores, então não valorizei muito seus efeitos no corpo. Acredito que seria uma opção relevante para quem goste de algo mais sutil. Eu, particularmente, continuo ainda preferindo o Açúcar em Óleo da Avatim.

O que me ganhou no produto foi seu efeito no rosto. Por promover uma esfoliação delicada; ter um cheirinho agradável; ser cremoso, mas não ter deixado minha pele oleosa;  e por deixar a pele aveludada e macia, está aprovado.  Entretanto, não o compraria novamente para este fim em outras estações que não o outono-inverno, pois em tempo mais quente prefiro produtos em gel. O pote com 150g custou R$ 32,00 






Tem pequenas partículas verdes para esfoliação, textura cremosa porém consistente e firme.










Beijocas da



2 Inspiração Alta Costura - Zuhair Murad

Pensando em um outro grande nome da moda, passo por Zuhair Murad. Este maravilhoso estilista libanês tem conquistado o mundo com suas belíssimas criações. Formado em Artes e Designer, trouxe seu conhecimento e seu aguçado olhar artístico para a moda. Estreou em grande estilo ao participar da Semana da Moda de Roma, em 1999 e em 2001 conquistou Paris e ganhou ainda mais notabilidade ao se destacar na Semana de Moda de Alta Costura de Paris.

O que me atrai em seus belíssimos vestidos de festa e seus impressionantes vestidos de noiva são: o gosto que ele tem pelo contraste da renda com o tecido de fundo, os traçados dos desenhos que norteiam os  bordados, a riqueza das rendas e dos bordados. Quem sabe como dá trabalho bordar um vestido de festas sabe muito bem valorizar cada um dos materiais pregados ponto-a-ponto, à mão, e bem estima uma peça como as das fotos abaixo. 

Cada ponto traz uma história de quem vira noites bordando e rebordando cada belezura daquela, e de quem o vislumbrou, imaginando cada detalhe de suas lindas roupas, desde a escolha do  tecido até a intensidade dos brilhos de cada um dos materiais  do bordado ao refletirem as luzes das passarelas e dos flashes.

O intuito de  eu buscar esta inspiração nos criadores de alta costura não é nutrir um sonho de consumo, ou inspirar minha maneira de vestir tentando copiá-los mas buscando nos seus trabalhos uma pouco mais de inspiração para a vida: como o prazer de ver o belo e satisfazer-se com a simples contemplação, a atenção às pequenas peças que compõem e constroem a vida, as cores e como se harmonizam mesmo quando causam à principio um certo estranhamento e o exemplo de que é sempre possível fazer diferente, aperfeiçoar seu trabalho e que a criatividade é um artifício para elevar-se, qualquer que seja a maneira pela qual esta se concretize.

Por ser Zuhair Murad  um artista que desperta em mim também essa miudezas, ele é sem dúvida uma gota  a mais na fonte das minhas inspirações.

 Foto: Reprodução
Foto: Reprodução 


Foto: Reprodução
 Foto: Reprodução

Foto: Reprodução 

 Foto: Reprodução

 Foto: Reprodução

Foto: Reprodução 

Foto: Reprodução 

Foto: Reprodução








7 Review - Linha Gengibre cuidados diários - Inoar


O clima seco das terras candangas castiga a cabeleira feminina, já que contribui para que o couro cabeludo fique oleoso e as pontas dos fios, ressecadas. Claro que a temporada de caça aos produtos ideais se iniciou por aqui, mas sem sucesso, pois dificilmente um produto fará o efeito que deveria com tamanho desequilíbrio capilar. 

Eu que já havia reclamado  aqui da minha dificuldade em encontrar um shampoo não-leitoso nas  lojas de beleza, inclui logo o kit de Cuidados Diários de Gengibre, da Inoar, na minha lista do que comprar na feira Hair Brasília. Pesquisei muito antes de decidir em que investiria meus dinheirinhos e optei por comprá-lo por duas razões mais relevantes: O primeiro pelo fato de sua fórmula dar refrescância ao couro cabeludo, o que contribui para o controle da oleosidade na raiz e segundo pelo preço, na minha opinião muito digno (R$ 60,00 pelos 3 produtos) , já que possibilita ao consumidor final a oportunidade de experimentar a linha completa, com uma quantia razoável (250ml  cada embalagem), por uma quantia bem aceitável. Vamos saber se valeu a pena o investimento?




Sobre a embalagem:  Um ponto super positivo é a tampinha de meio-giro, que ajuda a controlar a quantia de produto a ser aplicado no cabelo, é mais segura que a de levantar e evita vazamentos e desperdícios. Além disso, o vasilhame é uma graça pois é de um tom bem delicado de verde que combina bastante com a proposta "fresh".

Shampoo: É o produto do qual mais tenho gostado dentre os três. Sua aparência fica entre o transparente e o leitoso (pois é branco, mas com transparência).  Dá uma sensação imediata de refrescancia e tem um cheirinho de chiclete de menta. Não faz muita espuma, limpa muito bem o cabelo e percebi que a raiz do meu cabelo tem se mantido limpa por mais tempo (ou seja, dá uma segurada legal na oleosidade). A refrescância está presente nos três produtos da linha, mas é percebido com mais intensidade na aplicação do shampoo. Combinado à uma boa massagem no couro cabeludo... relaxa as tensões e revigora. Os homens também vão adorar este shampoo.

Condicionador: Com este ainda não me entendi muito bem. Ainda estou insistindo para saber se ele vai se entender com meu cabelo. Ele tem uma textura mais firme, mais concentrada que quase todos condicionadores que conheço. Não pesou no cabelo. O que me deixou na dúvida é que ao usá-lo apenas com o shampoo,  meu cabelo ficou com as pontas meio espigadas e não ficou tão brilhoso quanto deveria, mas provavelmente isso tenha a ver com o meu corte de cabelo também (Cabelo curto não vive sem um bom leave-in!).  Por enquanto... não me cativou.

Anti-frizz: Esse sim ganhou meu coração. No meu cabelo ele tem funcionado melhor quando não combinado com o condicionador (só shampoo + anti-frizz), não sei porque mas os fios ficam mais encorpados, brilhantes, com as pontinhas mais ajeitadas,e mantêm a leveza e suavidade (que tanto prezo), assim.  Quando uso os três juntos parece que o cabelo não brilha tanto, e as pontinhas não ficam muito legais, mesmo usando um sérum nas pontas.

Veredito: Aprovados.
Com louvor - Shampoo e Anti-frizz (comprarei outros)
Com um Bom (nada que me enlouqueça de satisfação) - Condicionador


Você já testou também? Compartilhe conosco sua experiência!







0 Dilemas de compra... Quantidade ou qualidade?


Há quem não se embanane na hora de selecionar o que comprar, mas a maioria das mulheres não possuidoras de carteiras-aquários se deparam com o dilema: É melhor investir alto em uma peça de muita qualidade ou optar por peças mais simples e assim ter a possibilidade de adquirir alguns itens a mais para variar o guarda-roupas.

O discurso reza que sempre será mais vantajoso pagar mais caro e levar uma roupa com tecido de qualidade e acabamento bem feito porque esta durará vários anos, se lavada  e guardada corretamente, porém a prática do cotidiano põe isto em dúvida, já que grande parte da mulherada não dispõe de tanta liberdade financeira assim e precisa de muitas opções do que vestir para ir ao trabalho, à universidade, e aos eventos de sua vida social mais particular.

Eu ainda prefiro a qualidade, mas sempre  que saio com intuito de fazer as compras fashion acabo desistindo e voltando para casa frustrada. O que acontece? Fico pasma com os altos preços e a baixa qualidade das peças.  Quem já viajou para fora do país e teve a oportunidade de ver a diferença vai entender o que estou dizendo, para quem ainda não teve esta oportunidade vou explicar melhor.

Uma blusinha simples, porém com um pouco mais de estilo, uma qualidade melhorzinha (falando de malha e costura), sai na faixa dos R$ 59,90 - 69,90 em lojas de departamento, numa loja convencional pode ser encontrada a partir dos R$ 90,00. Nem me atrevo a entrar nas lojas mais refinadas aqui no Brasil pois se nas simples o preço é esse, imagina como será nas das madames. 

Não é que, não. É uma questão de proporção e, no meu ver, de justiça. Uma blusinha de malha assim , de marcas mundialmente conhecidas (não sou viciada em marca, mas reconheço que o nome pesa muito), custam por volta U$15 - 20 quando comprados  fora, isso quando não está em promoção (que realmente é promoção: Compre 1 leve 2,  ou com os 50% , 70:% de desconto que verdadeiramente são dados sobre o preço da etiqueta.  Entendo que a carga de imposto no Brasil é pesadíssima para lojistas e nós consumidores, mas não justifica a pouca qualidade das roupas e os acabamentos grosseiros que os modelitos recebem. 

Talvez eu tenha sido mal acostumada. Fui criada numa cidade de interior onde minha tia costurava com perfeição e primor a maioria das roupas que foram minhas. Com o cuidado de selecionar tecidos de qualidade e caprichar na costura e finalização das vestimentas. Uma roupa assim bem feita e bem cuidada passava de prima para prima sem comprometê-la e mesmo quando muito surrada ficava em melhore estado do que muitas que vejo por aí. Lamento enormemente que minha tia já não costure mais, pois foi com ela que aprendi a observar esses pequenos detalhes que fazem toda a diferença.

A única alternativa que me sobra diante dessa situação e pode, talvez, ajudar a quem compartilhe da mesma angústia é:

1. Garimpar em feiras -  Embora eu e Dona Thá tenhamos gostos bem diferente para compras e roupas, também busco economizar e compartilho da paixão por feirinhas. Quase sempre há uma banca de atelier, confecção, artesanato com peças únicas, feitas cuidadosa e caprichosamente à preços interessantes. Pagar o mesmo que pagaria em uma loja de departamento, ou até um pouco mais para ter algo com muito mais qualidade... acho um excelente investimento e uma grande economia. Também não vá enlouquecer comprando bagaceiras só porque é feira e porque está barato. Lembre-se: é preciso que seu investimento, por menor que seja, seja durável.

2. Encontrar uma boa costureira e não abandoná-la mais - Uma boa costureira é sempre a solução para a maioria dos problemas de estilo feminino. Desde a criação de lindos trajes, únicos e sob medida;  a reforma daquela peça da qual você já se cansou, e até os pequenos ajustes necessários numa peça folgada, longa ou curta de mais. Eu ainda estou procurando uma, quando eu encontrá-la sem dúvida não a deixarei.

3. Se for viajar para o exterior, deixe para fazer suas compras por lá - Como já disse antes, gastar a mesma quantia de dinheirinhos, ou menos, e ainda ganhar em qualidade é sempre um super negócio. Mas se não der para esperar, ande bastante. Cabe à você valorizar aquilo que se esforçou para ganhar ($$$).


Será que mais alguém aqui tem algo a dizer sobre esse assunto?  


                                                                                                                     





Falou e disse!








0 Na onda dos cachos - Sculpting Lotion da Keune

Caras proprietárias de cabelos cacheados, sabe aquela frase que fala do cabelo bandido:  "Ou tá preso ou tá armado!"?


Pois agora vocês não precisa mais usá-la. Há alguns meses fui apresentada a esse fantástico leave in  e como resultado meu cabelo não está mais no cárcere! Tenho a liberdade de escolher os dias que quero prendê-lo!

Tem muita gente que acha cabelo cacheado muito bonito, mas quem não é proprietária de um desses, não faz a menor idéia do tanto que é difícil achar um produto que deixe os cachos definidos e brilhantes.


O Sculpting Lotion da Keune tem feito a minha cabeça! Basta aplicar um pouquinho entre as mãos, passar no cabelo nas pontas, amassando os cachos, e o que sobra nas mãos eu espalho próximo a raiz. Os cabelos secam bem modelados e definidos. Mas fica uma dica: nada de passar o produto e tomar uma bela ventania,  pois o cabelo fica muito cheio e sem forma.




Ao contrário de dezenas de cremes que utilizei, esse produto não deixa o cabelo pesado. Quem pode sentir algum peso é o bolso, pois ele não é muito barato: 250 ml = R$100, 1 L = R$200,00. Claro que eu apelei para o maior, né? Já uso o produto há uns quatro meses e aprovei desde o primeiro dia! Não largo mais!

Nicolleta e Dona Thá no stand da Keune no Hair Brasília

Aqui em Brasília a única loja que encontrei com esse produto foi a Crecol, que fica na 313 norte. O produto pode ser encontrado no mercado livre e em algumas lojas da internet. 


Durante o Hair Brasília, fomos ao stand da Keune. A empresa passou alguns meses sem representação na cidade, por isso não foi fácil achar o produto, mas agora promete voltar com tudo. Além do mais, essa linha é mais vendida para os profissionais de salão. 

Para quem ainda não larga uma escovinha/ chapinha de vez em quando, esse produto pode ser aplicado antes do procedimento, o que resulta em cabelos bem macios e fáceis de trabalhar. E de quebra ainda ganha um brilho maravilhoso!

                        
                               




                                     Fica a dica da





2 Novo visual by Franck Rodrigues

Queridas amigas! Como a mudança é bem vinda em nossas vidas! Que diga isso nossa querida Nicolleta! A Hair Brasília rendeu muito mais do que demonstração de alguns produtos novos no mercado, rendeu mudança de visual digno de Transformações da Xuxa (vocês se lembram?). 

A cabeleira de Nicolleta já não a pertence mais, e com o super apoio de seu maridão (valeu Renzo!), nossa amiga ganhou uma carinha super modernete, com cabelos curtíssimo e um astral novo. Vejam as fotos do antes, durante e depois:


Primeiro dia da feira, durante uma análise capilar.








Bye bye, madeixas!



Enfim, tranformada.

Quem assina o novo visual da nossa já conhecida Nicolleta é o hair stylist  Franck Rodrigues, que com sua navalhas e tesouras super afiadas está sempre inspirado para mudar o visual da mulherada. Para conhecer mais sobre o trabalho do rapaz e sua exclusiva técnica de corte com quatro navalhas ou se aventurar numa transformação  radical ou nem tanto, o badalado cabeleireiro tem dois salões, com o mesmo nome, na Asa Norte, em Brasília.  

Mas não se engane que qualquer pessoa sabe cortar um cabelão desse de forma a valorizar os traços do seu rosto. Na hora de mudar, procure um profissional altamente qualificado. Fica a dica do Franck Rodrigues e sua equipe, que foram aprovadíssimos. A-R-R-A-S-O-U! A Nick só colhe elogios desde então!

E você? Já foi ousada assim?

Conte para nós a sua ousadia capilar!






2 A Cor das Garras: Sly as a fox - M.A.C

Um dos esmaltes mais usados no mês de maio e que retomei agora no mês de julho é esta belezura da M.A.C. Ele já apareceu aqui no Blog antes e está retornando com toda pompa.

Tentei de várias formas tirar uma foto que fizesse jus ao belíssimo marrom avermelhado deste esmalte, mas não consegui. Porém deixo uma imagens para que vocês possam ter uma ideia da cor e garanto que pessoalmente ela é ainda mais bela e marrom.





Esse é meu único esmalte da M.A.C ( por enquanto) e apesar de ser lindíssimo não vale à pena, na minha opinião, comprá-lo aqui no Brasil pois seu preço aqui está na faixa dos 58 a 60 reais. Tendo a oportunidade de comprá-lo fora, vale a pena investir em uns vidrinhos se a senhorita for viciadinha em esmaltes ou se quiser experimentar.
O que observei de diferente nesse esmalte da M.A.C. em relação aos nacionais que costumo usar:


  • dura um pouco mais nas unhas, considerando que faço trabalho domésticos um esmalte resistir bonito de três à quatro dias é praticamente uma proeza;
  • é um pouco mais encorpado, porém demora bastante para engrossar depois de aberto. O meu está aberto há mais de quatro meses e até agora mantém a mesma textura de quando o abri pela primeira vez.
  • não decanta com facilidade já que, como a maioria dos esmalte estrangeiros, vem com bolinhas de inox dentro do vidro  para impedir que isto aconteça.
  • preço: custa nas lojas da M.A.C U$16 + taxas, cada um. Não é dos mais caros, mas vamos combinar que é mais caro que a maioria das outras marcas internacionais como O.P.I, China Glaze, Kiko e Zoya, e das nacionais então, nem se fala.
Este esmalte é agora o meu preferido,não por nenhum dos motivos ditos anteriormente e sim por sua cor única e bela que me tem completamente apaixonada.


1 Feira dos goianos

Depois da apresentação da Nick eu estou me sentindo a nova morena do "Tchan". Mas vamos deixar de lero-lero e vamos ao que (me) interessa: preços que são uma verdadeira pechincha!
 
Que atire a primeira pedra aquela que nunca se deliciou por ter feito AQUELE negócio! Para aquelas que disseram não, vocês não sabem o que estão perdendo. Mas se você é como eu e ADORA uma pechincha, siga meu conselho: feiras! É impressionante a quantidade de coisas legais que podemos comprar para personalizar o guarda-roupas!

Para quem é de Brasília, a feira dos Goianos é a minha dica! A feira dos goianos fica na avenida Hélio Prates, próxima ao Taguacenter.


A mercadoria normalmente chega na Terça- feira, repleta de novidades e bons preços! Os melhores dias para compras são terças, quartas e sábados. A maioria das bancas estão abertas nesses dias, o que vai te dar muitas opções de qualidade e preços. A feira funciona nos outros dias, mas com uma quantidade menor de bancas abertas.Quem não tem muita experiência com esse negócio de feiras precisa atentar para alguns detalhes:

1- Use uma roupa bem leve (primeiro por causa do calor, segundo porque nem sempre existem provadores - leggings ou saias folgadas ajudam nesse quesito);
2- Use sapatos confortáveis e fáceis de descalçar, como sapatilhas e sandalinhas;
3- Leve dinheiro trocado, nem sempre o comerciante tem troco para notas de R$ 100,00 (não vejo uma dessas há tempos, mas vai que sua carteira é um aquário);
4- Se prepare para caminhar bastante e para garimpar! 

Tomados os devidos cuidados é mamão com açúcar achar produtos que agradem moçoilas de todas as idades, e quem sabe moçoilos.


 Aproveitando o friozinho que está fazendo comprei alguns lenços lindíssimos, que além de proteger do frio, dão um super charme para produção! Os lenços variam de 10 a 25 reais, por isso vale a pena passar sebo nas canelas e caminhar bastante na feira. Os meus preciosos saíram por módicos R$10,00 cada.  As estampas são lindas e ainda tem alguns que são dupla face (2 em 1 é tudo de bom!). Fui com uma amiga e juntas compramos 6 (3 pra cada) e ainda deu pra chorar um descontinho. Para as colega da Dança do Ventre e Tribal Fusion, esses lenços substituem de forma belíssima o xale de dança, e custam infinitamente menos, mas exibem uma beleza  enorme.
Floral.

Estampa de rosas com oncinha (esse é o meu favorito).


De um lado bolinhas...
... Do outro floral.
   

 
Gola de cetim com estampa de oncinha e zebrinha. Gostei  dele para
 usar como gola ou soltinho com uma jaqueta.
Ainda comprei um lenço que está mais para cachecol, por apenas R$15,00 e um lenço em tons de cinza com estampado de peles de oncinhas e zebrinhas! Sou louca por estampas de oncinhas, então essa característica felina sempre fará parte dos meus looks. Tem quem diga que é brega, mas como boa bióloga, estou exaltando os felinos!


Tons de bege e marrom.

















Agora que meu pescoço ficou enfeitadíssimo por mais uma estação, que tal arrematar com brinquinhos super trabalhados de R$1,00? Além dessas pechinchas de 1 real, pode-se encontrar dezenas de acessórios com preços que variam de 2 a 10 reais. Esses foram os meus eleitos:

R$ 1,00
R$ 1,00

R$ 2,50


Economizar é tudo de bom!

E você, tem alguma dica sobre pechinchas? Deixe um comentário com suas dicas!

Beijos e até a próxima.








0 Inspiração Alta Costura - Stéphane Rolland

Há tempos venho acompanhando os trabalhos deste estilista dos sonhos. Este francês não faz apenas alta costura, suas peças são verdadeiras obras de arte que encantam e não apenas vestem. Apreciar cada um dos trajes em cada desfile de lançamento, mesmo que à distância, é uma verdadeira experiência estética.

O caimento dos vestidos, a leveza dos tecidos, os desenhos conceituais, a geometria, a composição de cores, os materiais utilizados nos bordados ou os delicados apliques colocados vestidos belíssimos, são de encher os olhos. O belo puramente belo.

O que mais me encanta em suas coleções são seus vestidos extremamente glamourosos e como brincam com o feminino, a sinuosidade, a audácia das fendas mantendo uma elegância admiráveis. Por esses e outros motivos, os quais não consigo explicar verbalmente, esse estilista se tornou uma referência para mim, quando o assunto é moda. Indiscutivelmente Stéphane Rolland está no topo da minha lista.

Apreciem um pouco de seu trabalho e descubram por que ele ganhou minha devoção.



Coleção de Inverno 2012




Coleção de Inverno 2013





Imagens: Moda Spot.com


Desfile coleção Primavera-Verão 2012





Curtiram? Compartilhe com a gente o que achou do trabalho dele.



P�gina Anterior Pr�xima P�gina Home
 

Copyright © 2012 Pitaco Pink! Elaborado por Marta Allegretti
Usando Scripts de Mundo Blogger