2 Participação Especial - Kélvia Romano





Depois da visita  de uma mineirinha muito querida, Rayana Bevilacqua,, o blog recebe hoje, com muito carinho, a docinho de cupuaçu... Kélvia Romano, direto de Belém do Pará, Brasil!


Minha história com a Kélvia é mesmo de paixonite. Faz um tempo que eu já acompanhava o canal dela, mesmo antes de ter o meu e de me inscrever no dela. Encantei-me com a simplicidade, o bom-humor, o alto astral desta paraense e principalmente com o fato dela ser e demonstrar sempre isso em seus vídeos, uma criatura humana e  preocupada com o próximo. 


A maquiagem que a convidada traz é clássica. Olhos esfumados e bocão vermelho. (I love!!!!)
O mais legal é que Kélvia  utilizou apenas produtos nacionais, de boa qualidade e super acessíveis. Se você quer saber mais e ver como ela fez essa linda maquiagem, acompanhe ao tutorial!



Se você não conhecia esta gracinha de pessoa... Encontre Kélvia por aí:

CANAL: Geografando1
Blog: Viva linda






Lindo de mais!
Obrigada mais uma vez, Kélvia!
Espero que vocês gostem... não deixem de comentar!!!





0 Review - Blush Mineral - Stein


Revendo meus conceitos...

Assim começa minha avaliação sobre esse Blush Mineral da Stein. 
Como disse (aqui ), este foi um dos presentes que recebemos da marca (eu e todas blogueiras que visitaram o estande da marca na Hair Brasília), e assim que eu e Dona Thá o ganhamos,  demos um jeito de testá-lo e ambas ficamos totalmente frustradas com a falta de pigmentação do blush.

Achei ele super fraquinho, estava mais para iluminador do que para blush. A Tathá, achou a mesma coisa e acabou passando ele para mim pois como eu sou bem mais clara que ela, a cor do produto  apareceria mais em mim. Confesso que fiquei meio desanimada de usá-lo outra vez, mas resolvi fazer outra tentativa. 

Dessa vez como a esponjinha estava mais suja, finalmente consegui perceber a cor. Pigmenta sim, e muito bem. Percebo então que para usar o produto na embalagem original é preciso batê-lo bastante antes para que a esponja fique suja o suficiente para pigmentar, ou então é melhor desenroscar a parte do aplicador e pegar o produto com o pincel, com cuidado, tirar o excesso (como se faz com o pó solto) e depois aplicá-lo. Assim ele vai colorir as maçãs do rosto tal qual se propõe a fazer.



Depois dessa segunda tentativa, já vieram outras aplicações e estou satisfeita com o produto. Não o indico para quem tem textura na pele pois como tem pigmentos brilhosos, pode destacar ainda mais as espinhas, os relevos na pele que você queira esconder. Também não indico para quem gosta de blush matte pois, apesar de não ser completamente brilhoso, contém micropartículas que refletem brilho. 

Ele é uma boa aposta para que quer compor um visual luminoso e radiante, ou um visual suave, com de saúde, perfeito para aquele dia em que você deseja apostar numa maquiagem com cara de  fina e glamourosa.

Quanto ao preço, já andei sondando por aí... está entorno dos 78,00 o que acho na média dos valores cobrados por produtos similares no mercado nacional. Dá aquela "googleada" aí, gata!




*** PRESENTE DA MARCA .

 Os registros feitos aqui são baseados em minha experiência pessoal e expressam minha opinião.

Não recebo nada da marca ou de qualquer loja pela elaboração das postagens ou pela divulgação de minhas avaliações.




1 Review - Sérum Queratina e Silicone - Kevon


Meu novo xodó!

Esse foi o terceiro produto comprado na Hair Brasília deste ano e só de umas duas semanas para cá venho realmente experimentando-o para me certificar de seus efeitos.

Fiquei um dia inteiro andando de um lado para o outro na feira tentando me decidir se levava este sérum ou se levava o spray de brilho da mesma marca. Acabei optando por esta bisnaguinha TUDO e estou completamente apaixonada por ela.

Depois de cortar meu cabelo, não lamentei nada, mas pensei : "Putz, comprei um monte de produto de hidratação, agora estou com o cabelo curto e preciso comprar algo para ajudar a estilizá-lo! Já era. O dinheiro que tinha reservado para compras tinha acabado e tinha na sacola um óleo de argan e um sérum (dentre outras coisas), dois produtos oleosos para aplicar no comprimento dos fios, que agora era quase nulo.

Esse medinho me fez adiar o jogar-se na experimentação. Vencida esta etapa, testei o sérum da Kevon  e ele não sai mais da minha necessaire, do alcance da minha mão e dos meus cabelos. O que me faz gostar desse produto é que além do brilho, do cheirinho maravilhoso (desculpa aí, mas não tem como negar que eu sou a louca olfativa), ele deixa as pontinhas dos fios bem arrumadinhas e com um aspecto bem leve. 

Percebi que quando eu o aplico meu cabelo fica mais liso e sem frizz, o que deve ser excelente para quem usa secador, chapinha, frisador ou qualquer outro aparelho que precise de calor, pois ajuda a controlar aqueles cabelos arrepiadinhos infames.

A embalagem é uma graça  e super prática pois por ser em bisnaga não fica lambrecada como acontece nos produtos em frascos, com e sem pump, é leve e pratica para carregar na bolsa.  O produto é um sérum normal, com cor de caramelo e um cheirinho gostoso. Por ter silicone, ao esfregar as mãos para dividí-lo antes da aplicação, pode-se sentir o toque aveludado que deixa na pele das mãos.

O preço também é super bom: paguei R$ 25,00 em 30 ml (que vão durar um bom tempo). Pelos excelentes resultados que eu consegui com o produto, achei o preço até bem barato. (Não sei se este item também estava com preço especial por causa da feira, mas acho que não. Acredito que só as máscaras e outros produtos que custavam mais caro, estavam com preço promocional.
Veredito: APROVADÍSSIMO!



*** Todos os produtos foram comprados por mim, com meu dinheiro. Os registros feitos aqui são baseados em minha experiência pessoal e expressam minha opinião.
Não recebi NADA, de loja ou marca alguma, para elaboração das postagens e pela divulgação de minhas avaliações.

0 A cor das garras: Toulouse (Realce) + Champagne (Unique)

               Depois de me esbaldar com meu esmalte azulão super luminoso na semana passada, resolvi dar uma maneirada essa semana e ir de nude.
               Os dois tem um tom rosado. O Toulouse da Realce tem um acabamento perolado bem sutil, o da Unique é mais forte, quase cintilante. Então, me tocou passar uma camada do Champagne para dar um "up" no efeito perolado, já que o do esmalte nacional quase não aparece.





Beijos!
E você, foi de nude ou de esmaltão? Conta aí o que colocou nas suas garras esta semana!




2 Sorteio Especial de Aniversário 1 - Kit Sentiva Pele Seca

Olá !!!

Em comemoração ao 1 ano do blog, vamos ter sorteio por aqui (Êêê!!!)

Sorteio 1 - Especial para peles SECAS






Este sorteio é especial para quem tem pele seca, deseja conhecer marcas novas e não se importa com o fato de o produto (mesmo sendo novo - não foi usado, nem testado), estar sem o lacre.

Para participar basta seguir estas regras:
*Ser maior de 18 anos
* Seguir o Blog Doce de Make
*Estar inscrito no Canal do blog no Youtube
*Preencher corretamente o formulário abaixo.


***Pode preencher o formulário para participação no sorteio quantas vezes quiser.


As inscrições vão seguir da data de publicação do vídeo até as 23:59 do dia 31 de agosto.

Após essa data o resultado será divulgado em até três dias e o ganhador será contatado via e-mail . Este terá de enviar o e-mail resposta contendo os dados solicitados para o envio do Prêmio, em até 72 horas, a contar do horário constante no e-mail de solicitação dos dados enviado pelo blog .




PARA SABER MAIS >>>





Um grande abraço e uma beijoca na ponta do nariz!
Vem comigo que eu te conto!

0 Vem e vai, mas fica!

Depois de um ano lutando contra o tempo, a preguiça e cansaço para manter esse blog ativo, estou muito orgulhosa de mim mesma! Quem me lê pela primeira vez pode não entender do que estou falando, mas os leitores perseverantes, aqueles que insistem em me visitar quando desapareço sabem bem do que estou falando. Acho que já podemos mudar o tom da conversar e mostrá-los um pouco mais de mim e isso os levará a entender que eu sou e porque me orgulho tanto desse blog, mesmo não tendo um milhão de leitores nem me tornando uma "garota coisa".

Tenho muitas dificuldades para manter atividades nas quais a frequência diária seja uma obrigação (com exceção da faculdade e do trabalho), ou seja, aquelas em que você assume o compromisso de fazer aquilo por uma vontade, desejo ou impulso só seu e que o interesse também é muito mais seu. Não me dou bem com a academia, atividades rotineiras me entediam rapidamente. A verdade é que nesse aspecto (e em alguns outros), sou super indisciplinada e acabo desistindo, em um curtíssimo prazo de tempo, de muita coisa.

Desde muito nova sempre levei as coisas mais sérias, a sério de mais. Trabalhos e produções acadêmicas então, sempre foram feitos com muito empenho e buscando atingir a perfeição definida por mim, embora ainda pesasse muito a aprovação alheia. E em prol dessa qualidade exigida por mim nesses outros âmbitos da minha vida, acabava sabotando quase tudo que fazia para me divertir, entreter ou que se alguma forma me desse muito prazer e carregasse quase nada do peso da obrigação tão intríseca às outras coisas.

Quando comecei o blog resolvi explorar um lado mais leve e divertido da vida feminina que é o experimentar algo novo, o prazer de comprar um produto com seu suado dinheiro e descobrí-lo um achado, a alegria e boa energia que caminha com o cuidar de si, de se mimar, se acarinhar e de se sentir bela. Isso me gerou muita insegurança porque vivemos numa sociedade em que ao contrário do que reza a filosofia (recorro à  Friedrich Schiller e suas cartas*), o senso comum conecta beleza à futilidade e intelectualidade à descuido com a aparência.

Apostei no meu impulso e criei esse espaço. Nesse meio tempo precisei desistir da licenciatura em dança porque precisava trabalhar para pagar as contas, peguei vários trabalhos ao mesmo tempo, já esse ano voltei  a dar aulas para o ensino fundamental e continuo com minhas outras atividades (revisão de textos, pesquisa individual em dança, leituras, o blog, meus artesanatos....). Apesar do volume de trabalho ter aumentado considerávelmente de março para cá, consegui não desistir e de um jeito ou de outro volto para reanimar o blog. Isso pode parecer ridículo para outras pessoas, mas não me importo porque sei que esta besteira tem um significado de conquista e vitória muito grande para mim.

Sei que quando o calendário aperta eu preciso dar um tempo um tempo do blog porque afinal sou humana e em alguma hora da vida fico exausta, desgastada até a última gota e preciso não fazer nada ou fazer algo só para mim, me dedicar exclusivamente à minha vida familiar, porém sempre volto para me centralizar e "desbaranguizar"(... e como a correria e o cansaço tendem a deixar a gente baranga... é sempre preciso dizer um "EPA!!! Tô me descuidando, vou mudar isso já!").

Sou  extremamente exigente em tudo que faço e me identifico, com o blog não é diferente. Sofro de culpa quando não consigo postar, por não estar gravando nenhum vídeo porque não vou ter tempo para editá-lo, por ter que adiar postes porque não tenho tempo de organizar os produtos para fotografá-los ou para organizar e montar as fotos que ilustrarão a publicação. Sei que algumas pessoas ficam ansiosas  pelas novidades e vou continuar tentando manter nossa relação e fazê-la crescer cada vez mais. Espero que vocês me ajudem nesse trajeto, pois a cada dia que passa me convenço mais de que não somos nada sem amigos e que os amigos certos (e  não me refiro à interesses, e sim à verdade), valem mais do que você e todo seus esforços sozinho.

Um beijo grande, e um brinde à persistência!




*SCHILLER, Friedrich. A educação estética do homem, tradução de Roberto Schwarz e Márcio Suzuki. São Paulo:Iluminuras, 2002, 4a. edição

0 A cor das garras - Hip Hop - Ana Hickman e Cobertura Encantada - Risqué

Enlouquecida no azul com brilhos... Quando uma imagem vale mais que qualquer bla-blá a respeito.






2 Review - Máscara Hidratante Intensiva - Kevon


 Um dos produtos comprados por mim na Hair Brasília and Beauty 2012 foi a máscara super hidratante da Kevon. Depois de pensar e andar muito para fazer minha seleção do que comprar, decidi levar esta máscara também por sua textura diferenciada, chamada teia de aranha. A máscara é concentrada e firme, mas ao juntar as mãos com o produto e separá-las para iniciar a aplicação formam-se vários fios parecidos aos de uma teia de aranha.


Segundo a marca esse diferencial da fórmula, faz com que o produto ao ser absorvido crie uma película nos fios mantendo a nutrição dada dentro do fio por mais tempo, além de devolver a elasticidade natural e dar força e brilho aos cabelos. Por ser bem mais concentrada precisa-se de uma quantidade menor do produto para fazer o tratamento e por esse motivo rende até três vezes mais aplicações do que uma máscara de hidratação normal.

A embalagem contém 550 g e custou R$60,00.  Esse preço foi promocional para a feira e, segundo os representantes da marca, esta mesma embalagem é vendida para os profissionais em salões de beleza  por volta de R$ 78,00, ou seja, para o consumidor final sairia um pouco mais caro ainda.



Comprado o pote, fomos ao teste.  Como meu cabelo está curto não pude ver tanta diferença assim na hidratação por conta da falta de comprimento suficiente para notar com mais facilidade a diferença, mas percebi que o cabelos ficaram super leves e brilhoso e que, realmente, usei muito menos produto do que precisaria para um cabelo curto como o meu.

Não satisfeita, fui testá-la em outra pessoa: minha mãe, que está com os cabelos bem desgastados quimicamente com luzes, descoloração, tintura e tudo mais. 

O que nós notamos foi: Super hidratação e uma recuperação do brilho do aspecto natural (menos espigado) do fio. A máscara já surtiu efeito na primeira aplicação e acredito que mantendo o tratamento de 15 em 15 dias, fará muita diferença e com resultados mais duradouros. Além de tudo isso tem o cheiro mais delícia do mundo. A mamis gostou tanto que já abocanhou uma porção do meu pote para continuar o tratamento na casa dela.

VEREDITO: Aprovadíssimo!;)  Vale a pena cada centavo investido no produto. Esse sem dúvida eu comprarei novamente.





*** Todos os produtos foram comprados por mim, com meu dinheiro. Os registros feitos aqui são baseados em minha experiência pessoal e expressam minha opinião.
Não recebi NADA, de loja ou marca alguma, para elaboração das postagens e pela divulgação de minhas avaliações.

2 Participação Especial - Rayana Bevilacqua



Como muito prazer convidei esta graça de mineira para vir participar da nossa comemoração de aniversário e ela, super feliz, aceitou. Conheci a Rayana, do Grains De Beauté, assim que entrei para mundo blogger e comecei a elaborar este espaço que vocês já conhecem bem.

Entre dicas, conversas, conselhos, perguntas; nós, novatas no planeta "bloguístico" da beleza, nos aproximamos e desde então sempre temos trocado figurinhas. O fato de Rayana ter sido a primeira blogueira que conheci através do Doce de Make;  por ela ser um doce de criatura, sempre muito atenciosa; e pela aproximação que nossos blogues nos proporcionaram, nada mais justo que ela fizesse a primeira participação  especial como minha convidada.




A proposta da maquiagem é uma alternativa de maquiagem para usar em um dia de trabalho. Sabe aquele dia que você acorda inspirada e está a fim de caprichar na arrumação ou quando vai ter algum compromisso no meio do dia ou ao fim dele e não poderá voltar em casa para se produzir?



Para fazer esta maquiagem a Rayana usou:

Primer: Urban Decay - Primer Potion - Eden
Sombra Cremosa: MAC - Shade & Smoke/Liner - A42
Sigma Kit: Nice In Pink - Tapered Blending - E40
Paleta: Urban Decay - Naked Palette
Sigma Kit: Nice In Pink - Eye Shading - E55
Sigma Kit: Nice In Pink - Pencil - E30
Sombra: Smashbox - Sienna
Delineador: MAC - Fluidline - Blacktrack
Sigma Kit: Make Me Crazy - Small Angle - E65
Lápis Para Olhos: Maybelline - 03 Marrom
ELF Professional - Eye Liner Brush
Iluminador: DuWop - DoubleGlow 7
Sigma Kit: Make Me Crazy - Concealer - F70
Iluminador: Benefit - Ooh La Lift
Curvex: Covergirl
Iluminador: MAC - Mineralize Skinfinish - Porcelain Pink
ELF Studio - Blush Brush
Batom: Mahogany - Darling 0833
Rímel: Maybelline - The Colossal Volum Express - 231 Classic Black



Acompanhe passo a passo









Encontre a Rayana por aí...

Facebook: Grains De Beauté
Twitter: @RayanaBevi
YouTube: desgrainsdebeaute



0 O blog completa 1 ano...




Como já tinha dito neste post aqui, em agosto comemoraremos o aniversário de 1 ano do blog Doce de Make. Assim sendo, teremos um montão de coisas legais e super especiais rolando nesta casa.

A primeira delas, é a participação de algumas pessoas bem queridas com postagens e vídeos especiais. Todas as escolhidas estarão aqui por terem uma relevância para o surgimento do blog e do canal no youtube que complementa esse espaço; ou me inspiraram com seu bom humor, com a atenção para com os leitores e seguidores, com seus conselhos; e por, mesmo à distância, se disporem à estabelecer um vínculo de proximidade, e por que não, de amizade.

Outra nova são os sorteios a serem realizados deste mês ao início de setembro.

Espero que vocês gostem, e agradeço imensamente às queridas convidadas que se juntaram à mim para fazer a comemoração de 1 ano de Doce de Make ser mais que especial.

Agradeço também às leitoras, seguidoras, inscritas deste blog, do twitter e do canal no youtube. Muito obrigada pelo carinho e pelo tempo de vocês. Fico realmente muito lisonjeada por receber o carinho de dedicarem à mim um pouco do  valioso tempo  de vocês. Obrigada pelas sugestões, pelos comentários e e-mails, que embora não sejam numerosos são muito super significativos para mim, pois contém sinceridade, afeto e acolhimento.

Um grande beijo à todas (e todos... desculpem meninos, aqui vocês são minoria, então o feminino, contrariando as regras gramaticais, irá prevalecer!!!)



0 ##This is so cult and cute - Coisinhas amenas... Dança

Não é só de maquiagem, roupas e acessórios que se faz uma pessoa (ou um blog), afinal, enquanto seres humanos, somos mais do que simples matéria carregando outras. 

Compartilho gotinhas de minhas inspirações no mundo do movimento dançado e mais um pouco do que sou, já que a dança é super importante na minha vida e contribuiu muito para que o meu gosto para a beleza e o meu olhar para o belo e para a estética fossem despertados (não estou falando apenas de forma física e aparência. Estou esteticamente pensando arte e vida). 

Esse vídeo não tem nada de mais, porém é tão belamente simples que enche meus olhos: Receita - Ok GO + movimento + cores, tudo junto e misturado. Tá bom ou quer mais?!













0 Review - Gloss Stein

 Não sei por que, mas de um tempos para cá resolvi desengavetar alguns glosses. Passada a fase pueril da minha relação com a maquiagem, desenvolvi uma certa birra à textura grudenta do gloss, e principalmente, uma impaciência com a lei de Murphy que cerca a relação entre cabelos, gloss e vento. Encantada de vez com o mundo dos batons (mais marcantes, de preferência), abandonei os melequentos numa caixa, que só abria de vez em quando para testar se todos ainda estavam em perfeito estado.Não sei se foi a chegada do inverno ou a acirrada da seca, o fato é que voltei a pintar meus lábios com os já ditos produtos, apesar de continuar me desentendendo com o vento. 

Desde que  visitei o estande da Stein lá na Hair Brasília, no qual todas as blogueiras que por lá passaram foram presenteadas com uma sacolinha com alguns produtos da marca, inclusive eu e Dona Thá, venho testando o Gloss Extra Volume da marca .


Kit contendo:  1 Blush Mineral - cor 01: Quartzo, 1 lápis de lábios, 1 kit de mini pincéis e 1 Gloss
Extra Volume - cor 5: Rosa Encanto



Já no primeiro momento o produto recebeu um ponto positivo pela cor linda e pelo cheirinho de chiclete  de tutti-frutti (hum, delícia!) e pensei que fosse parar por aí. Durante a aplicação percebi que além de colorir um montão, o gloss não gruda. A textura e pigmentação dele é bem mais próxima de um batom líquido do que dos famigerados e melequentos glosses. UHU!!!

Mas ainda tinha alguns aspectos a testar: a fixação, o tal efeito extra volume e a relação custo e benefício (vamos pensar se vale a pena investir os reais que são cobradas por ele numa loja que revenda a marca). A fixação é bem melhor do a de um gloss comum; O volume ... tem efeito molhado, assim sendo brilha e se brilha, aumenta . Sem dúvida dá volume; eu tenho lábios que por si só já são bem saliente, o produto conseguiu  deixá-los com um aspecto um pouco mais volumoso.  Talvez em quem tenha lábios finos, o volume fique mais evidente. (Se você também testou, comente abaixo como foi sua experiência).

Vale esclarecer que o volume extra está relacionado ao aspecto dos lábios com o brilho do gloss e não com algum componente que irrite os lábios para dar este volume, como é o caso de alguns glosses como o da Urban Decay e o da Avon.

Eu, particularmente, acho meio caro pagar R$ 39,00 em um gloss, mesmo ele sendo ótimo, ainda mais se a marca ainda não é tão conhecida e se for comprar para testar o produto. Lá na Feira, como tinha um desconto para compra nas lojas que vendiam a marca, o produto saía por volta dos R$ 28,00, o que já é um valor mais digno. Não comprei o meu, pois, como já disse veio dentro da sacolinha que a Stein nos presenteou, mas eu o compraria desde que fosse pelo preço vendido lá no evento.


Pontos negativos: Essa linha conta ainda com poucas opções de cores; é mais caro que os outros glosses nacionais; não é muito fácil de encontrar lojas que revendam a marca. Aqui em Brasília eu só sei da Coobel e da Casa Nova como pontos de venda. Outras cidade podem pesquisar no site (aqui).

Pontos positivos: tem uma embalagem charmosa, é bem pigmentado; não meleca; tem uma duração maior que os outros glosses; realmente dá um volume interessante; tem cheirinho delicioso de tutti-frutti e um sabor agradável, possui ação firmadora e é anti-age.

Opinião: É um produto excelente, mas o aconselhamento de sua compra está condicionada à sua prioridade. Se você for uma pessoa que não gosta muito de gloss e quase não o usa ou se prefere investir mais em outros  produtos por este valor, não será uma compra interessante. Agora, se ama muito gloss, gosta de hidratação, procura por produtos com ativos anti-envelhecimento e o valor do produto se encaixa dos seus limites de investimento financeiro para determinado produto, sem dúvida valerá a pena, pois é sim , um item de bastante qualidade.


*** PRESENTE DA MARCA .

 Os registros feitos aqui são baseados em minha experiência pessoal e expressam minha opinião.

Não recebo nada da marca ou de qualquer loja pela elaboração das postagens ou pela divulgação de minhas avaliações.









0 O velho dilema: falta de tempo e maternidade



Impressionante o quão rápida se dá a passagem do tempo. Algum tempo atrás eu estava grávida, e agora meu pimpolho já tem 7 anos.  Fico pensando nas coisas que não tenho aproveitado,  em relação ao crescimento e desenvolvimento dele, todos esses anos. Tragada pela velha correria contra o relógio e consumida pela culpa bem familiar às mães contemporâneas, diariamente lido com minhas incapacidades e limitações. Sei que não vou desacompanhada. Milhares de jovens mães pelo mundo, se unem à mim nessa procura pela harmonia.

O ponto chave da questão é: como encontrar-me enquanto profissional e realizar meus sonhos pessoais, sem sacrificar a faceta mãe? Chega! Alguns anos atrás o sonho das pessoas era encontrar UMA identidade pessoal, UM trabalho, seguir UMA carreia... algo para chamar de seu, um rótulo para assumir, uma camisa para vestir. E como é que fica a necessidade Pluri, Meta? As inquietações da mulher que precisa acompanhar  o mundo à velocidade que ele caminha? 

Vejo pouca paciência e muita pressa. Tudo é para ontem, a demanda pelo máximo de informação e formação engole as pessoas, que sequer esboçam  alguma reação. Estamos vivendo o tempo dos conceitos híbridos, da identidade que não é mais apenas a afirmação de um rótulo e sim a composição feita pela seleção de vivências desta pessoa diante das mais diversas possibilidades de situações. Há quem diga que isso é querer abraçar o mundo com as pernas, ou folgas de quem não quer se prender à nada... Eu digo que é mais... É viver em seu tempo estando à frente dele.

O universo não quer mais pedaços das pessoas, não quer conhecer uma faceta (a que se deseja mostrar), quer que o ser seja inteiro e viva por inteiro todas as possibilidades de sua existência. Aprenda o máximo de tudo que puder, esteja disponível para o novo... é uma maneira de se conhecer fora do seu lugar comum. Parece balela da sociedade alternativa, mas não é. O mundo te requer por inteiro em todos os lugares que você vá, em todas as situações. Então, por que se fragmentar e sufocar parte de quem você é?  A minha resposta é simples, sobrevivência. O problema aqui não é esse... é como deixar de sobreviver e reagir e passar a viver, agir. Chega de ser reacionária. Quem não quiser reagir ao comportamento dos filhos no futuro, precisa se antecipar, rever as prioridades na divisão de tempo.

Esses dias uma amiga no trabalho comentou: quem deseja não ter dores de cabeça com os filhos na adolescência e juventude precisa se fazer presente quando eles são pequenos. Ideia besta, e de tão óbvia chega até a ser patética, mas é a pura verdade. Teoria simples e eficaz, mas o simples tornou-se muito complicado para a realidade contemporânea. Quando me referi às jovens mães no início do meu texto, estava pensando na dura realidade de lutar por uma afirmação financeira e profissional conciliando tudo isso com a maternidade. Desejo de ser uma boa mãe, a maioria de nós temos, mas a responsabilidade de garantir uma melhor qualidade de vida para estes pequenos também é nossa. Daí, vale uma ginástica e contorcionismo de horários, sonhos, egos, culpas e muita determinação para lidar com isso.

Desde pequeno ensino ao meu filho que por priorizá-lo em tudo, as vezes preciso sacrificar meu tempo. O trabalho, o estudo e essas coisas são também uma maneira de colocá-lo em primeiro lugar. Porém, a nossa convivência não é pautada pela permissividade e falta de limites devido à culpa pela minha ausência em alguns momentos. Muito pelo contrário, são nessas poucas horas que se dão as contribuições mais eficazes para a criança se tornar um ser gentil, bondoso, educado, respeitoso e respeitável, confiante amoroso e amável. Não use a culpa pela falta de tempo de estar com seu filho para livrar-se da responsabilidade de educá-lo e verdadeiramente amá-lo.

Aos vinte anos eu já me sentia pronta para ser mãe e quando minha gravidez foi confirmada tive a certeza de que aquele era sim o momento certo. A maioria das pessoas acredita que essa idade é ainda muito precoce para assumir a responsabilidade de uma maternidade e até concordo com isso, mas o fato é que, apenas com a chegada do meu filho fui forçada a me tornar uma pessoa forte, autoconfiante, segura (o que eu parecia ser, mas que no fundo eu não era coisa nenhuma). Foi  por e com ele que aprendi a ter coragem, a ter atitude suficiente para me afirmar como pessoa , e me descobri audaciosa e ousada o suficiente para me lançar naquilo que quero e que acredito (claro que ter meu esposo ao lado, contribuiu muito) .

Ainda que eu não tenha podido acompanhar meu filho as 24 horas do dia desde que ele nasceu, todos os dias dos 7 anos e quase dois meses da vida dele; Ainda que meu tempo para acarinhá-lo seja reduzido, ser mãe tem sido a melhor, mais profunda e completa formação que se possa imaginar. Química, Biologia, Psicologia, Pedagogia, Filosofia, Artes, Letras e Linguagens, Direito, Sociologia, Musica, Nutrição, História, Religião.... tantos conhecimentos necessários para seguir essa carreira vitalícia. Com uma oportunidade de aprender tanta coisa de uma só vez e ainda ganhar e dar carinho de bônus, vale a pena deixar de dormir algumas noites para poder se dar ao luxo de tirar uma tarde para brincar com o filhote.



1 Trajes para madrinhas de casamento

... O VESTIDO!


Quem consegue pensar em ir à um casamento sem se preocupar com o que vai vestir Eu, definitivamente não.  A situação complica ainda mais quando além de tudo, o convite é para ser madrinha. 

Ano passado mais ou menos por estas datas eu já estava às voltas com o que vestir no casamento da caçulinha do meu coração, minha irmã  Lorenna (em setembro), e de uma queridíssima amiga,  Luciane (em dezembro), já que em ambas ocasiões eu iria amadrinhar as noivas.

Para o primeiro evento optei por comprar o vestido, já que a diferença de preço era pequena e ele seria feito sob medida e à meu gosto (Há controvérsias!!!). A teoria era essa, mas a dor de cabeça que este vestido me deu tornou-o um mau negócio. O barato saiu caro quando, depois de escolher  o modelo, escolher o tecido e decidir todos os detalhes do arranjo, ao chegar para a primeira prova (o que só aconteceu fim de agosto...Surtei!!!), detectei que o tecido não era o que eu havia escolhido, nem corte estava do jeito que eu pedi...até o tom do azul não era o meu eleito.

Minha cara de decepção me denunciou na hora e após falar sobre a mudança no corte e falta do forro e do bojo , coisas que mais me incomodavam no momento, a moça disse que refaria tudo para que ficasse "do meu gosto". Após a enrola para a segunda prova, ela tinha consertado quase tudo, porém precisava ajustar a barra (medida já um sapato de salto da mesma altura do que acompanharia a roupa no dia), apertar um pouco mais e dar um acabamento digno à roupa, no que tange à costura. 

Quando fui buscar o vestido no dia, qual foi a minha surpresa ao ver o péssimo acabamento dado ao vestido. Medo!!! Menos mal que olhando já vestida não dava para ver, mas era só virar o traje às avessas para ficar pasma com a falta de profissionalismo. Não gostei do trabalho da costureira e não a indico para ninguém. Mas o modelo do vestido ficou muito bonito e o arranjo é sem dúvida o que faz meu olho brilhar e acalma meu coração quando penso nisso.





 


Já para o segundo casamento, não quis me arriscar. Fui à uma casa de roupas de festas e após experimentar quase a loja inteira escolhi um inimaginável  vestido prateado. O dilema desta vez foi muito mais encontrar a cor perfeita, dentre as não escolhidas pelas outras madrinhas (Sim! Nós nos organizamos para não repetir a cor, nem competir com a mãe da noiva) e o modelo que me valorizasse. Fiquei muito feliz com a minha escolha.
                                           


As Madrinhas da LÚ

Foto: Reinaldo Silva - Foco Fotografias

Eu definitivamente preferi o aluguel. E agora, pergunto à vocês: Vestido para madrinhas, comprar ou alugar?




P�gina Anterior Pr�xima P�gina Home
 

Copyright © 2012 Pitaco Pink! Elaborado por Marta Allegretti
Usando Scripts de Mundo Blogger