1 Trajes para madrinhas de casamento

... O VESTIDO!


Quem consegue pensar em ir à um casamento sem se preocupar com o que vai vestir Eu, definitivamente não.  A situação complica ainda mais quando além de tudo, o convite é para ser madrinha. 

Ano passado mais ou menos por estas datas eu já estava às voltas com o que vestir no casamento da caçulinha do meu coração, minha irmã  Lorenna (em setembro), e de uma queridíssima amiga,  Luciane (em dezembro), já que em ambas ocasiões eu iria amadrinhar as noivas.

Para o primeiro evento optei por comprar o vestido, já que a diferença de preço era pequena e ele seria feito sob medida e à meu gosto (Há controvérsias!!!). A teoria era essa, mas a dor de cabeça que este vestido me deu tornou-o um mau negócio. O barato saiu caro quando, depois de escolher  o modelo, escolher o tecido e decidir todos os detalhes do arranjo, ao chegar para a primeira prova (o que só aconteceu fim de agosto...Surtei!!!), detectei que o tecido não era o que eu havia escolhido, nem corte estava do jeito que eu pedi...até o tom do azul não era o meu eleito.

Minha cara de decepção me denunciou na hora e após falar sobre a mudança no corte e falta do forro e do bojo , coisas que mais me incomodavam no momento, a moça disse que refaria tudo para que ficasse "do meu gosto". Após a enrola para a segunda prova, ela tinha consertado quase tudo, porém precisava ajustar a barra (medida já um sapato de salto da mesma altura do que acompanharia a roupa no dia), apertar um pouco mais e dar um acabamento digno à roupa, no que tange à costura. 

Quando fui buscar o vestido no dia, qual foi a minha surpresa ao ver o péssimo acabamento dado ao vestido. Medo!!! Menos mal que olhando já vestida não dava para ver, mas era só virar o traje às avessas para ficar pasma com a falta de profissionalismo. Não gostei do trabalho da costureira e não a indico para ninguém. Mas o modelo do vestido ficou muito bonito e o arranjo é sem dúvida o que faz meu olho brilhar e acalma meu coração quando penso nisso.





 


Já para o segundo casamento, não quis me arriscar. Fui à uma casa de roupas de festas e após experimentar quase a loja inteira escolhi um inimaginável  vestido prateado. O dilema desta vez foi muito mais encontrar a cor perfeita, dentre as não escolhidas pelas outras madrinhas (Sim! Nós nos organizamos para não repetir a cor, nem competir com a mãe da noiva) e o modelo que me valorizasse. Fiquei muito feliz com a minha escolha.
                                           


As Madrinhas da LÚ

Foto: Reinaldo Silva - Foco Fotografias

Eu definitivamente preferi o aluguel. E agora, pergunto à vocês: Vestido para madrinhas, comprar ou alugar?




1 comentários:

PRODUTINHOS NO CABELO AND MAKEUPS disse...

Nicolle lindona! Acredita que só fui madrinha uma vez e o vestido não serviu tive que ir de calça na ultima hora e acabei morrendo de vergonha!

O mico só não foi maior porque foi em uma chacara! rsrs
Beijos
Lucy

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p

P�gina Anterior Pr�xima P�gina Home
 

Copyright © 2012 Pitaco Pink! Elaborado por Marta Allegretti
Usando Scripts de Mundo Blogger